À medida que a Itália continua sujeita a um bloqueio nacional, o povo de Veneza constata que os canais se tornaram muito mais claros.

Os peixes são visíveis nos canais de Veneza desde a quarentena da Itália. No entanto, também houve efeitos colaterais surpreendentes e não inteiramente indesejáveis. Por exemplo, os canais de Veneza, Itália, que normalmente se enchem de turistas ao longo do ano, muitos dos quais acorrem às famosas gôndolas que atravessam os canais icónicos da cidade.

Os canais venezianos são considerados impuros. Repletos de água salgada – uma mistura de água salgada e água doce – bem como uma mistura decididamente funky de poluição, incluindo resíduos humanos e produtos químicos para barcos, os canais geralmente só parecem limpos após o governo os ter eliminado de resíduos e outros detritos.

No entanto, à medida que a Itália continua a sofrer um bloqueio nacional que afeta cerca de 60 milhões de pessoas, o povo de Veneza começa a notar que os canais se tornaram muito mais claros – tanto que as pessoas têm o raro prazer de ver pequenos peixes nadando nas águas agora transparentes dos 150 canais da cidade. As pessoas começaram a enviar imagens dos canais da cidade para uma conta no Twitter chamada Venezia Pulita (Venice Clean), expressando o seu sentido de admiração pelo súbito regresso da vida selvagem a uma cidade que há muito luta contra a A poluição. Imagens semelhantes também foram enviadas para o Twitter.

Num artigo, o utilizador Marco Capovilla escreveu.

“Imagens incríveis do Rio dei Ferali, por trás da normalmente escura Praça de São Marco. A natureza retoma os seus espaços.”

Numa outra publicação, o utilizador Marco Contessa publicou imagens de cisnes a “tomar conta” dos canais venezianos. Um utilizador observou:

« La nature reprend sa vie….comme c’est beau. »

Outro notou que gostaria que a água fosse sempre tão cristalina:

“Maravilhoso [que] há até peixes que temos a oportunidade de ver.”

Enquanto um comentador sugeria que a pandemia pode não ter muitos lados bons:

“Que maravilha esta Veneza; este vírus trouxe algo…bonito.

No entanto, continua a ser indiscutível que a qualidade do ar em Itália melhorou – como foi descrito graficamente numa animação compilada a partir de dados de satélite e divulgada pela Agência Espacial Europeia (ESA).

Em comunicado, a ESA refere que a redução tem sido particularmente marcante no norte de Itália, o que “coincide com o seu bloqueio nacional para evitar a propagação do coronavírus”. Na verdade, embora permaneça inimaginável durante a atual crise imaginar que pode haver alguns efeitos positivos do surto de vírus novo, também é claro que o nosso efeito sobre a natureza – ou falta dela – foi impulsionado, mostrando que poderíamos realmente melhorar o ambiente se tivéssemos vontade de fazê-lo.

Traduzido por José Caleiro para Mistérios da Mente Humana.

Fonte : TMU