Herança Digital

Print Friendly, PDF & Email

Passamos hoje por mais uma das transições sociais que vem mudando a sociedade ao longo dos tempos. Para entender esse processo, é preciso compreender as mudanças da própria sociedade, no seu modo de pensar, se relacionar e se comunicar, bem como a evolução dos dispositivos que provocaram parte dessas mudanças. Continuar a ler “Herança Digital”

Covid. A China também fabrica teorias da conspiração

Print Friendly, PDF & Email

Não é só a administração Trump que dá gás a teorias da conspiração sobre a origem da SARS-CoV-2. A China também tem alimentado rumores e fabricações. A campanha de propaganda chinesa incluía alegações de que os Estados Unidos tinham iniciado o vírus e transportado-o para a China através do exército norte-americano, que o vírus começou em Itália, ou Espanha, e que Pequim oferecia grandes quantidades de equipamento de proteção individual e fãs a outros países quando, na realidade, a maioria estava a ser vendida.

Continuar a ler “Covid. A China também fabrica teorias da conspiração”

Cientista chinesa acusa China e OMS de ocultar perigos do vírus

Print Friendly, PDF & Email

A virologista Chinesa Li-Meng Yan fugiu para os EUA e afirma que Pequim mente sobre sobre a covid-19, porque já sabia da existência e do perigo do novo coronavírus. Yan disse que a China e a Organização Mundial de Saúde (OMS) estavam cientes da existência e perigo do novo coronavírus muito antes de anunciarem oficialmente o surto que ocorreu em Wuhan, na China.

Continuar a ler “Cientista chinesa acusa China e OMS de ocultar perigos do vírus”

Cientistas da OMS na China para investigar comércio de animais selvagens

Print Friendly, PDF & Email

Não é segredo para ninguém que a China tenha vários sites de comércio de animais selvagens. Na verdade, muitas teorias ditam que a atual pandemia surgiu desta mesma razão. Assim, para compreender a origem disto e para que outros se evitem, os investigadores acreditam que é necessário um estudo aprofundado dos vários comércios de animais selvagens na China. Nesse sentido, a Organização Mundial de Saúde (OMS) enviou cientistas para a China, antes de uma equipa internacional maior ser enviada, para investigar a origem do vírus.

Continuar a ler “Cientistas da OMS na China para investigar comércio de animais selvagens”

Curiosidades sobre o ornitorrinco

Print Friendly, PDF & Email

ornitorrinco é um animal muito curioso. Desde o seu descobrimento tem sido muito difícil de o classificar, uma vez que possui características de animais muito diferentes. Tem pelo, um bico de pato, põe ovos e além disso dá de mamar às suas crias. É uma espécie endêmica do este da Austrália e da ilha da Tasmânia. O seu nome deriva do grego ornithorhynkhos, que significa.semelhante a um pato“.

 

O que é o ornitorrinco

O ornitorrinco é um mamífero monotremado. Os monotremados são uma ordem de mamíferos com características próprias de répteis, como pôr ovos ou possuírem cloaca. A cloaca é um orifício que possuem na parte traseira do corpo e onde confluem o sistema urinário, digestivo e reprodutor. Atualmente existem 5 espécies vivas de monotremados. O ornitorrinco e os monotrematas. Os monotrematas são semelhantes aos ouriços comuns mas partilham as curiosas características dos monotremados. Todos são animais solitários e escapadiços, que só se relacionam entre eles em épocas de acasalamento.

Curiosidades sobre o ornitorrinco - O que é o ornitorrinco?

 São venenosos

O ornitorrinco é um dos poucos mamíferos do mundo que possuem veneno. Os machos têm um espigãonas suas patas traseiras que liberta o veneno. Segrega-se pelas glândulas crurais. As fêmeas também nascem com eles mas não se desenvolvem depois de nascer e desaparecem antes do estado adulto. É um veneno com numerosas toxinas produzidas pelo sistema imunológico do animal. É letal para pequenos animais e muito doloroso para os humanos. Descrevem-se situações de tratadores que sofreram dores intensas durante vários dias.  Não existem um antídoto para este veneno, ao paciente apenas lhe administram paliativos para combater a dor da picada.

Curiosidades sobre o ornitorrinco - São venenosos

Eletrolocalização

O ornitorrinco utiliza um sistema de eletrolocalização para caçar as suas presas. Podem detectar os campos elétricos gerados pelas suas presas ao contraírem os músculos. Podem fazer isto graças às células eletrosensoriais que possuem na pele do focinho. Também têm distribuídas pelo focinho células mecanorreceptoras, células especializadas para o tato. Estas células atuam em conjuntos para enviar ao cérebro a informação necessária para se orientarem sem a necessidade de utilizar o olfato ou a visão. O sistema é muito útil, uma vez que o ornitorrinco fechas seu olhos e apenas ouve debaixo de água. Ele mergulhas em águas pouco profundas e escava o fundo com a ajuda do seu focinho. As presas ao se movimentarem entre a terra geram pequenos campos elétricos que são detectados pelo ornitorrinco. É capaz de distinguir os seres vivos entre a matéria inerte à sua volta, sendo esta outra das curiosidades sobre o ornitorrinco mais destacadas. É um animal carnívoro, alimenta-se principalmente de vermes e insetos, pequenos crustáceos, larvas e outros anelídeos.

Curiosidades sobre o ornitorrinco - Eletrolocalização

 Põem ovos

Como dissemos anteriormente, os ornitorrincos são monotremados. São mamíferos que põem ovos. As fêmeas atingem a maturidade sexual a partir do primeiro ano de vida e fazem uma postura por ano. Depois da cópula a fêmea refugia-se em tocas profundas construídas com diferentes níveis para manter a temperatura e a umidade. Este sistema também as protege de aumentos dos níveis de água e de predadores. Fazem uma cama com folhas e depositam entre 1 a 3 ovos de 10-11 milímetros de diâmetro. são pequenos ovos mais arredondados que os das aves. Desenvolvem-se no interior do útero da mães durante 28 dias e passados 10-15 dias de incubação externa nascem as crias. Quando os pequenos ornitorrincos nascem são muito vulneráveis. Não têm pelo e são cegos. Nascem com dentes, que perderão em pouco tempo, ficando apenas umas placas córneas.

Curiosidades sobre o ornitorrinco - Põem ovos

Dão de mamar às suas crias

O fato de amamentarem as suas crias é algo comum nos mamíferos. No entanto, os ornitorrincos carecem de mamilos. Então, como amamentam? Outra das curiosidades sobre o ornitorrinco é que as fêmeas possuem glândulas mamárias que estão situadas no abdômen. Por não terem mamilos, segregam o leite através dos poros da pele. Nessa região do abdômen possuem uns sulcos onde se armazena este leite à medida que é expelido, de forma a que as crias lambam o leite da sua pele. O período de lactância das crias é de 3 meses.

Curiosidades sobre o ornitorrinco - Dão de mamar às suas crias

Locomoção

Como animal semi-aquático é um excelente nadador. Embora possua as suas 4 patas espalmadas apenas utiliza as dianteiras para nadar. As patas traseiras junta-as à cauda e utiliza-a como leme na água, tal com um peixe. Em terra andam de forma semelhante a um réptil. Desta forma, e como curiosidade sobre o ornitorrinco, vemos que têm as patas situadas dos lados e não na parte inferior como acontece com outros mamíferos. O esqueleto do ornitorrinco é bastante primitivo, com extremidades curtas, parecidas às de uma lontra.

Curiosidades sobre o ornitorrinco - Locomoção

Genética

Ao estudar o mapa genético dos ornitorrincos os cientistas descobriram que a mistura de traços presentes no ornitorrinco também se reflete nos seus genes. Possuem características apenas vistas em anfíbios, aves e peixes. Mas o mais curioso nos ornitorrincos é o seu sistema de cromossomos sexuais. Os mamíferos como nós possuem 2 cromossomos sexuais. No entanto, os ornitorrincos têm 10 cromossomos sexuais. Os seus cromossomos sexuais são mais semelhantes aos das aves do que aos dos mamíferos. Carecem aliás da região SRY que é a que determina o sexo masculino. Até ao momento não se descobriu com exatidão como se determina o sexo nesta espécie.

Curiosidades sobre o ornitorrinco - Genética

O ornitorrinco é um mamífero semiaquático e endêmico da Austrália e Tasmânia, característico por ter um bico semelhante ao do pato, rabo semelhante a um castor e patas como a lontra. É um dos poucos mamíferos venenosos que existem. O macho desta espécie possui um espigão nas patas traseiras, o qual liberta um veneno que pode causar uma dor intensa. Além do ornitorrinco temos os musaranhos e o conhecido solenodonte, como espécie que também têm a capacidade de produzir e injetar veneno. Tanto o macho como a fêmea possuem espigões nos tornozelos, no entanto apenas o macho produz veneno. Este é composto por proteínas semelhantes às defensivas, onde três são exclusivas deste animal. As defesas são produzidas no sistema imunitário do animal.  O veneno pode matar animais pequenos, inclusivamente cachorros e produz-e nas glândulas crurais do macho, estas têm a forma de um rim e estão conectadas ao espigão. As fêmeas nascem com espigões rudimentares que não se desenvolvem e caiem antes do primeiro ano de idade. Ao que parece a informação para desenvolver o veneno está no cromossoma, razão pela qual apenas os machos o podem produzir. O veneno tem uma função diferente ao que produzem as espécies não mamíferas, com efeitos não tão letais, mas o suficientemente fortes para debilitar o inimigo. O ornitorrinco injeta numa dose, entre 2 a 4 ml do seu veneno. Durante a época de acasalamento, a produção de veneno por parte do macho aumenta. Na imagem pode observar o esporão calcâneo, com o qual os ornitorrincos injetam o seu veneno.

O veneno do ornitorrinco é mortal? - A produção de veneno no ornitorrinco

 Os efeitos do veneno nos humanos

O veneno pode matar animais pequenos, no entanto em humanos não é letal, mas produz um dor intensa. Logo após a picada produz-se um edema em volta da ferida e estende-se pelo membro afetado, a dor é tão forte que não se consegue mitigar com morfina. Além disso, uma simples tosse pode aumentar a intensidade da dor. Passadas uma horas pode espalhar-se inclusivamente a outras áreas do corpo, diferentes da extremidade afetada. Passado o período de cor, esta transforma-se em uma hiperalgesia que pode durar alguns dias ou inclusivamente meses. Também se documentou atrofia muscular que pode durar o mesmo período de tempo que a hiperalgesia. Na Austrália registraram-se poucos casos de picadas de ornitorrinco.

O veneno do ornitorrinco é mortal? - Os efeitos do veneno nos humanos

O veneno do ornitorrinco é mortal?

Resumindo podemos dizer que o veneno do ornitorrinco é e não é mortal. Porquê? Porque nos animais mais pequenos sim, é letal, causando a morte da vítima, um veneno tão potente que pode inclusivamente matar um cão se tiver as condições para que tal aconteça. Mas se falamos dos danos que o veneno causa a um humano, é um dano muito forte e uma dor comparada inclusivamente com uma de maior intensidade que as feridas de arma de fogo. No entanto não é forte o suficiente para matar um ser humano. De todas as forma deve ter em conta que os ataques dos animais como o ornitorrinco acontecem porque o animal sente-se ameaçado ou como defesa. E uma dica, a forma correta de agarrar e evitar uma picada do ornitorrinco é segurar o animal pela base do seu rabo de forma a que este fica de boca para baixo.

O veneno do ornitorrinco é mortal? - O veneno do ornitorrinco é mortal?
 

Continuar a ler “Curiosidades sobre o ornitorrinco”

Lançamento da Crew Dragon junta NASA e SpaceX na primeira missão comercial tripulada

Print Friendly, PDF & Email

Está feita história: Lançamento da Crew Dragon junta NASA e SpaceX na primeira missão comercial tripulada. Depois do falhanço na quarta feira devido ao mau tempo, hoje as condições meteorológicas permitiram o lançamento do Falcon 9 e da missão Crew Dragon que chega amanhã à Estação Espacial Internacional.

Continuar a ler “Lançamento da Crew Dragon junta NASA e SpaceX na primeira missão comercial tripulada”

10 Viagens e Viajantes em Tempo Real

Print Friendly, PDF & Email

Na verdade, a tecnologia moderna não é desenvolvida o suficiente para que viagens no tempo se tornem realidade. Bem, de acordo com a ciência. Mas imagine se fosse verdade e em algumas décadas alguém pudesse enviar as pessoas para o futuro ou para o passado. Se é assim, então é possível que exista algum viajante do tempo entre nós? Há uma teoria que diz que qualquer um pode ir ao passado se ele encontrar um lugar especial chamado túnel do tempo. Nós preparamos histórias emocionantes sobre pessoas que conseguiram superar a barreira temporal. Não estamos dizendo que elas são 100% verdadeiras, mas isso não as torna menos interessantes. Cabe a você decidir se acreditar ou não.

Continuar a ler “10 Viagens e Viajantes em Tempo Real”

Pirâmide

Print Friendly, PDF & Email

Uma pirâmide é principalmente uma forma geométrica cujas representações arquitetónicas mais conhecidas são as pirâmides do Egipto. Esta forma pode ser usada em diferentes áreas, em nomes de diferentes lugares e monumentos, mas também no título de certas obras, presente em ciências, botânica,  zoologia, demografia, direito, geologia, história, Informática, matemática, medicina, sociologia, engenharia, economia, lugares,  monumentos, no Egipto, África, Médio Oriente, América pré-colombiana, Ásia, Austrália, França, Europa, Estados Unidos, em picos e locais naturais, Obras, cinema, literatura, romances, diversos, música, jogos, outros.

Continuar a ler “Pirâmide”

O VERDADEIRO Propósito das Pirâmides Revelado

Print Friendly, PDF & Email

Tecnologias Antigas e Avançadas

Historiadores e estudiosos há muito que estudam o grande mistério das Grandes Pirâmides de Gizé. Há muitas dúvidas especialmente quando nos perguntamos “Como poderia uma civilização antiga e não desenvolvida criar algo que nem nós teríamos a capacidade? E por que teriam criado esta grande estrutura? Só para servir de túmulo para um único faraó? Neste vídeo, responderemos a estas perguntas e a muitas outras relacionadas com o verdadeiro propósito das Pirâmides.

Continuar a ler “O VERDADEIRO Propósito das Pirâmides Revelado”

O que é isso a teoria do caos?

Print Friendly, PDF & Email

A teoria está presente em tudo que nos cerca e é a base do “efeito borboleta.  É uma das leis mais importantes do Universo, presente na essência de quase tudo o que nos cerca. A ideia central da teoria do caos é que uma pequena mudança no início de qualquer evento pode trazer consequências enormes e absolutamente desconhecidas no futuro. Portanto, tais eventos seriam praticamente imprevisíveis – caóticos, portanto.

Continuar a ler “O que é isso a teoria do caos?”

Discovery na escola, o sistema solar

Print Friendly, PDF & Email

Um documentário sobre os astros, planetas, luas e sistema solar

O Sistema Solar compreende o conjunto constituído pelo Sol e todos os corpos celestes que estão sob seu domínio gravitacional. A estrela central, maior componente do sistema, respondendo por mais de 99,85% da massa total, gera sua energia através da fusão de hidrogénio em hélio, dois de seus principais constituintes. Os planetas eram vistos por muitas culturas antigas como divinos ou emissários de deuses. À medida que o conhecimento científico evoluiu, a percepção humana sobre os planetas mudou, incorporando diversos tipos de objetos.

Continuar a ler “Discovery na escola, o sistema solar”

Nasa registra imagens de região agitada de Júpiter

Print Friendly, PDF & Email

A Nasa divulgou uma nova imagem de Júpiter nesta segunda-feira. O registro foi feito pela sonda Juno e mostra a agitada região norte do planeta.

 

Na imagem, é possível notar nuvens e tempestades rotativas, além de finas faixas nebulosas, que percorrem toda a extensão do planeta. A sonda Juno foi lançada em agosto de 2011 e deve permanecer em missão até 2021. Seu objetivo principal é estudar a origem do planeta e, consequentemente, do sistema solar.

Continuar a ler “Nasa registra imagens de região agitada de Júpiter”

Zenari: a pandemia nos escombros sírios, uma catástrofe inimaginável

Print Friendly, PDF & Email

O núncio apostólico em Damasco descreve a dramática situação humanitária na Síria após 9 anos de guerra. A difusão do Covid-19 seria desastrosa para uma população já dizimada pela violência. Lança um novo apelo de paz para combater juntos a pandemia.

Continuar a ler “Zenari: a pandemia nos escombros sírios, uma catástrofe inimaginável”

Características, Avaliação e Tratamento Coronavírus (COVID-19). Parte 5

Print Friendly, PDF & Email

Segunda onda

Quando o bloqueio termina em várias cidades chinesas, que agora tentam voltar à normalidade após mais de dois meses de quarentena, a população receia que haja uma segunda onda de infeções impulsionada por estes casos assintomáticos. Recentemente, surgiram alguns casos de novas infeções que provavelmente foram causados por pacientes “silenciosos”. Na China, nas últimas 24 horas, foram registados 36 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, dos quais apenas um teve origem na China continental (excluindo Hong Kong e Macau) e os restantes chegaram ao país vindos do estrangeiro.

Continuar a ler “Características, Avaliação e Tratamento Coronavírus (COVID-19). Parte 5”

Características, Avaliação e Tratamento Coronavírus (COVID-19) Parte 0.1

Print Friendly, PDF & Email

China identifica pessoa que pode ter sido paciente zero da Covid-19

Autoridades chinesas conseguiram traçar histórico de infecções até um homem de 55 anos que mora na província de Hubei, cuja capital é Wuhan. A China pode ter identificado a primeira pessoa a contrair o novo coronavírus causador da Covid-19. De acordo com dados do governo chinês concedidos ao jornal local South China Morning Post, os casos da infecção podem ser rastreados até o dia 17 de novembro de 2019. Até agora, autoridades da China identificaram pelo menos 266 pessoas infectadas no ano passado, sendo que todas já passaram por vigilância médica. Trançando o histórico de contatos e contaminação dessas pessoas, os profisisonais da saúde acreditam ter encontrado o paciente zero da Covid-19, um um homem de 55 anos da província de Hubei, cuja capital é Wuhan.

Continuar a ler “Características, Avaliação e Tratamento Coronavírus (COVID-19) Parte 0.1”

Características, Avaliação e Tratamento Coronavírus (COVID-19)

Print Friendly, PDF & Email

Conheça as 5 maiores pandemias da história

O coronavírus não é o primeiro causador de pandemias mundiais. Relembre outras doenças que mudaram os rumos da história da humanidade. A pandemia do novo coronavírus está causando medo em todo o mundo. O vírus causador da Covid-19 já infectou mais de 500 mil pessoas em centenas de países, com milhares de casos mortais. O cenário é semelhante ao que já aconteceu em outros momentos da humanidade, em que doenças se espalharam pelo mundo e causaram estragos. Conheça as principais pandemias que assolaram o planeta.

Continuar a ler “Características, Avaliação e Tratamento Coronavírus (COVID-19)”

Características, Avaliação e Tratamento Coronavírus (COVID-19). Parte 4

Print Friendly, PDF & Email

Tomar vitaminas contra o coronavírus: uma boa ideia? Como não há vacina ou tratamento para o coronavírus, todos os meios são bons para fortalecer o seu sistema imunitário. Um tratamento vitamínico é eficaz? O que levar? Que dosagem? O que comer?

Continuar a ler “Características, Avaliação e Tratamento Coronavírus (COVID-19). Parte 4”

Características, Avaliação e Tratamento Coronavírus (COVID-19). Parte 3

Print Friendly, PDF & Email

Sangue de verme do mar pode dar ar a hospitais em plena crise da covid-19. A hemoglobina do verme marinho, produzida pela empresa Francesa Hemarine, será administrada no final de Março de 2020 a alguns pacientes em aflição respiratória aguda devido a Covid-19. 40 vezes mais oxigenante do que a hemoglobina humana, pode substituir os respiradores.

Continuar a ler “Características, Avaliação e Tratamento Coronavírus (COVID-19). Parte 3”